Sobras da ceia podem dar origem a um cardápio saboroso

💙
02 janeiro 2021


Adria ensina receita de lasanha de pernil ao molho rosé para apreciar com a família


A receita é fácil e basta preparar o molho e montar a lasanha, usando o que sobrou do pernil assado!

Confira abaixo o modo de preparo completo:


Ingredientes

Pernil (marinada):
6 tomates maduros
1 folha de louro
3 dentes de alho
2 cebolas médias
1 xícara (chá) de vinho branco seco
2 colheres (sopa) de sal
2,5kg de pernil suíno sem osso
¼ xícara (chá) de azeite

Molho rosé:
5kg de tomate maduro
2 folhas de louro
6 dentes de alho
4 cebolas grandes
Sal a gosto
1 colher (chá) de cravo em pó
½ xícara (chá) de azeite
500ml de creme de leite fresco


Para montar a lasanha: 
2 embalagens de Lasanha Adria (500g)
500 g de queijo provolone ralado grosso


Modo de Preparo:
Pernil:
No liquidificador, bata os tomates com o louro, o alho, a cebola, o vinho e o sal.
- Acomode o pernil em uma tigela grande, faça alguns furos na carne e despeje a marinada.
- Cubra com filme-plástico e leve à geladeira por, no mínimo, 6 horas, virando-o por 2 ou 3 vezes para que o tempero fique em contato com todos os lados.
- Em uma panela de pressão grande, aqueça o azeite e doure o pernil.
- Junte a marinada, cubra com água quente e cozinhe por cerca de 40 minutos após abrir pressão. Desligue o fogo, espere até que toda a pressão tenha saído, abra a panela e veja se a carne está macia.  Deixe esfriar e desfie em lascas grandes. Reserve.


Molho:
Bata todos os ingredientes do molho no liquidificador, exceto o azeite e o creme de leite.
- Em uma panela grande aqueça o azeite, despeje o molho e cozinhe em fogo médio por 20 minutos ou até engrossar levemente. Junte o creme de leite, misture e reserve.

 

Monte a lasanha:
- Em uma assadeira grande (27cm x 42cm x 7cm de altura), espalhe um pouco do molho rosé. Intercale camadas de massa, molho rosé, pernil e provolone ralado, sendo a última camada de provolone. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (180ºC) preaquecido por 40 minutos. Retire o papel-alumínio e deixe por 10 minutos no forno para gratinar.


Rendimento: 20 porções
Tempo de Preparo: 1 hora


Dica: aproveite sobras de pernil assado para preparar a receita! Basta preparar o molho e montar a lasanha.

Conheça 9 Brincadeiras Para Fazer em Casa com Crianças De Até 6 Anos

💙
22 dezembro 2020


Recesso de final de ano é oportunidade de aproximação entre pais e filhos por meio de brincadeiras que ajudam no desenvolvimento infantil


Com a chegada do recesso de final de ano, pais e mães se desdobram para preencher o tempo livre com suas crianças, mas atualmente há um desafio maior: como se divertir e aprender através de brincadeiras sem sair de casa e evitando contato com outras pessoas nestes tempos de pandemia?

 

Pensando nisso, a Carinosstartup especializada em soluções para a primeira infância e criadora do ZapCarinos (que fornece gratuitamente dicas de como brincar com os filhos em casa no WhatsApp), elaborou uma lista de sugestões para papais e mamães brincarem com seus filhos de até 6 anos de idade.

 

Confira!

 

Para bebês (9 meses até 1 ano e 6 meses)

 

 

  • A cabaninha

Use alguns móveis da sua casa e monte um espaço que você possa cobrir com tecido por cima e que caiba você e seu bebê embaixo. Entre na cabaninha com o bebê, leve alguns brinquedos e até lanterna se você tiver (no celular tem). Agora é só usar a imaginação e brincar nesse espaço diferente com seu bebê.

 

 

  • Vamos brincar de roda

Cantando e fazendo gestos de cantigas de roda, vamos envolver o bebê na atividade junto à família. Vamos convidar o bebê para participar dando as mãos. Vamos fazer os movimentos, gestos e expressões ao cantar e dançar em roda com a família, junto ao bebê. Se o bebê for menor, ele pode ficar no colo. 

 

 

  • Vamos desenhar

Coloque carvão, giz de cera grosso ou canetinhas na caixa de papelão e convide o bebê a explorar e a deixar suas marcas. Enquanto o bebê explora do jeito dele, fale sobre as marcas que ele fez e estimule a curiosidade para que ele deixe marcas também nos outros lados, inclusive dentro. Auxilie-o se necessário.  



Para crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses até 3 anos e 11 meses)

 

 

  • Brincando com a imaginação

Procure fotografias, imagens em revistas e livros de diferentes paisagens, como: praia, floresta, deserto, cidades, entre outras. Caso não tenha imagem em casa, use desenhos feitos por você. Deixe expostas as imagens em um local de fácil acesso à criança como em uma parede ou no chão e converse com a criança sobre elas. Depois que a criança observou as imagens, incentive-a a criar histórias sobre o que vê, por exemplo: "Olhe, a gente poderia brincar do que nesse lugar?", "Que floresta linda, será que mora algum animal ali?"

 

 

  • Criando sons

Vamos cantar cantigas de roda e convidar a criança a acompanhar as músicas com objetos que façam barulho como garrafinhas com grãos, colheres, latas ou tampas de panela. 

 

 

  • Ganhar e perder

Para brincar de "O Coelho Sai da Toca", precisamos organizar os participantes e as tocas. Por exemplo: com quatro participantes, vamos precisar de três círculos ou quadrados que podem ser desenhados no chão, para serem as "tocas do coelho". "Ao nosso comando: "coelho sai da toca", os participantes terão que trocar de "toca". Porém, alguém ficará de fora. Enquanto brincamos, vamos ajudar a criança a compreender que em algum momento ela ficará sem uma toca, mas que na rodada seguinte ela terá a oportunidade de entrar em alguma.



Para crianças pequenas (4 anos até 5 anos e 11 meses)

 

  • Expressando emoções

Vamos anotar em pedaços de papel expressões faciais, como: feliz, triste, animado, chateado, mostrando a língua, entre outras. Vamos ler cada papel com a criança e convidá-la a desenhar a expressão no papel. Sorteamos os papéis e cada um faz uma expressão para o outro adivinhar. Vamos perguntar para ela o que cada expressão representa. 

 

 

  • Minha família

Separe fotos diversas da família, impressas ou virtuais. Ache um lugar confortável e mostre as fotos para a criança. Convide a criança a falar sobre as pessoas da foto. Conte a história da família. Pergunte como a criança se sente ao olhar as fotos e ouvir as histórias. 

 

 

  • O que acha

Organize um ambiente aconchegante. Separe fotos da criança em passeios, em aniversários ou na escola. Convide a criança para ver suas fotos. Pergunte se ela gostou e a incentive a falar sua opinião. Faça perguntas como "o que você gostou na foto?" ou "O que você não gostou?"

 

Sobre a Carinos

 

A edtech (startup de educação) Carinos tem como foco principal criar produtos e serviços que envolvem a primeira infância, fase da vida das crianças que vai até os 6 anos de idade. 

 

Criada pelas empreendedoras Elisa Mansur e Angela Hernandez depois de estudarem no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a Carinos valoriza os cuidados infantis nesta fase da vida em que o processo de formação intelectual, motora e cognitiva impactarão diretamente no desempenho social, acadêmico e profissional da criança.  

 

Para isso, trabalha focando interações de qualidade com o seu público usando a tecnologia como forma de atingir esse objetivo. Uma das ações é o ZapCarinos, um serviço gratuito no WhatsApp em que pais e mães têm mais de 200 sugestões de brincadeiras 24 horas por dia, sete dias por semana. Para acessar, basta enviar um OI para +5511962199806 e seguir as instruções

 

Mais informações estão disponíveis em https://www.carinos.com.br/ 

Como montar uma charmosa Tábua de Queijos para o Natal


O Natal é representado pela união e confraternização entre aqueles que se amam. Os momentos especiais são marcados pelo encontro ao redor da mesa, durante a ceia. Cada detalhe faz a diferença, seja pelo carinho na composição ou pela beleza de cada prato, que deve ser recheado de sabor. Que tal incluir no cardápio um petisco natalino diferente? Para isso, a Tirolez, maior empresa 100% brasileira de queijos e uma das principais marcas de laticínios do país, ensina como montar uma tábua de queijos com sabores únicos e característicos da ocasião.

Confira abaixo o passo a passo e monte a sua tábua de queijos com o máximo de facilidade. O sucesso entre os convidados está garantido!

• Para começar, escolha queijos que harmonizem com o clima, com as outras opções do cardápio e com o paladar de seus convidados. A dica prática é escolher, pelo menos, cinco tipos diferentes, mesclando sabores e texturas para deixar sua tábua ainda mais variada e saborosa.

• Recipiente para servir: Escolha uma tábua de madeira ou um prato bem bonito para dispor os queijos.

• Os queijos devem ser posicionados na tábua em sentido que comece pelos que possuem sabor mais suave ao intenso

• Calcula-se, em média, 150 gramas de queijo por convidado. Ex: para 10 pessoas, estima-se aproximadamente 1,5 kg. Entre os tipos de queijo escolhidos, você pode fazer a divisão de acordo com sua preferência. Disponha os queijos em quantidades proporcionais ao número de convidados, para que todos possam se servir.

• A harmonização com vinhos varia muito de acordo com cada tipo de queijo. Queijos como Gouda, Gruyère e Emmental vão bem com vinhos brancos frutados, como Chardonnay e Riesling, e tintos suaves, como Carménère e Merlot. Já o Brie e Camembert, por exemplo, conhecidos pelas suas cascas brancas e aveludadas, combinam com vinhos tintos de acidez média ou acentuada

• Para complementar a tábua, você pode acrescentar castanhas, pães e azeite, embutidos e frutas. Escolha ingredientes de diferentes texturas que combinem com os sabores e a intensidade dos queijos escolhidos.

Agora que você conhece algumas dicas importantes para montar a sua tábua de queijos, confira os tipos mais adequados:

  • Queijos Macios: Brie e Camembert: Dentre esses tipos de queijo, o Brie e o Camembert se sobressaem, pois possuem casca aveludada, centro macio e cremoso, cuja textura se intensifica à medida que amadurecem. Harmonizam muito bem com geleias e mel e, assim como outros queijos, podem ser consumidos sozinhos.
  • Queijos Semi-duros: Provolone, Gruyère, Gouda, Emmental e Estepe. Devido ao maior tempo de maturação, esse tipo de queijo fica com características diferentes, tanto de sabor como de textura. Isso porque os queijos mais maturados tem um sabor mais intenso e, por consequência do descanso, também são mais duros. São mais aromáticos, menos ácidos e mais maltados e adocicados. Possuem olhaduras (furinhos) que proporcionam um visual atraente para a mesa e o sabor combina com pães, azeite e embutidos, por exemplo.
  • Queijos Firmes: Parmesão, com sabor intenso e picante, possui textura quebradiça e granular. Pode ser consumido sozinho, em lascas. Experimente adicionar mel e surpreenda-se com o sabor.
  • Queijos Azuis: Como referência, o Gorgonzola se destaca por ser picante e salgado, combinando com sabores adocicados, como uvas e geleias doces. Seu aroma intenso e textura macia são algumas de suas características inconfundíveis.

 

Gostou das dicas? Agora, você já pode começar a organizar a ceia de Natal, colocando amor em cada momento, assim como a Tirolez!

Saiba mais curtindo as redes sociais da marca ou acesse o site
www.tirolez.com.br
www.instagram.com/tirolezqueijos/
www.facebook.com/TirolezQueijos/

Novembro Roxo

💙
28 novembro 2020

Pediatra explica quais são os melhores cuidados sobre a prematuridade dos bebês


Estamos no mês de campanha Novembro Roxo, visando a importância da conscientização e prevenção da prematuridade.


Por volta de 15 milhões de recém-nascidos nascem prematuros em todo o mundo. Só no Brasil, esse número chega, por ano, a 340 mil bebês. Geralmente, uma gravidez dura entre 38 a 42 semanas, considerada normal aos padrões internacionais. No entanto, algumas gestações têm menor tempo de duração e não há motivos certos para a prematuridade acontecer. 

Pediatra e membro da Sociedade Brasileira de Pediatria, Dra. Lílian Cristina Moreira, explica quais são os cuidados sobre os bebês que nascem antes da data prevista, calculada em base da sigla DPP (Data Prevista de parto).

*DPP é a previsão de data, pensando na criança que nasça completando 40 semanas. 


Acontecendo, quais são os cuidados que devem existir sobre os bebês prematuros?
Terapias e métodos podem ajudar no desenvolvimento dos nenéns como a massagem terapêutica e o próprio Método Canguru, esse é uma das técnicas adotadas no Brasil como um modelo de atenção para o público recém-nascido.

1- Assim que o bebê prematuro nasce, ele vai direto para a UTI? 
Muitas vezes sim, e isso depende, não apenas, mas principalmente, do quão prematuro o bebê é. 

Por qual motivo? O tempo normal de uma gestação varia de 37 a 42 semanas. Se o bebê nasce antes deste período seu organismo não estará completamente maduro e preparado para viver no ambiente extra uterino. Um dos órgãos mais determinantes são os pulmões. Quando não amadurecidos a função respiratória fica prejudicada e as vezes inviável, necessitando suporte ventilatorio, uso de drogas, etc, o que so pode ser feito dentro de uma UTI Neonatal.

É realmente necessário para todos os casos de prematuridade? 
Não. Prematuros limítrofes, que nascem com 35, 36 semanas de vida, mas que tenham bom peso e nenhuma outra complicação muitas vezes podem receber cuidados iniciais em uma Unidade Neonatal e serem liberados para ficar com a mãe. Mas isso sempre irá depender de criteriosa avaliação feita pelos pediatras assistentes.

2- Geralmente, por quanto tempo esse recém-nascido fica no hospital? 
Isso depende de muitas variáveis. A mais importante, sem dúvida, é a idade gestacional em que a criança nasceu: quanto mais prematuro e mais baixo peso, mais tempo deverá permanecer na UTI. A causa do parto prematuro tambem é relevante (por exemplo alguma patologia materna) bem como as possíveis complicações advindas da prematuridade e de uma internação em UTI: maior suscetibilidade a infecções, dificuldade de ser alimentado, intubação prolongada e sequelas pulmonares, etc.

3- Após a alta do neném no hospital, os pais devem permanecer com maiores cuidados com o bebê ou os cuidados são os mesmos que os das crianças que nasceram no período padrão? 
O bebê prematuro com certeza demanda mais cuidados, especialmente durante os primeiros meses após a alta hospitalar. Muitas vezes se faz necessário acompanhamento por varios especialistas como pediatra,  neuropediatra, oftalmologista, fisioterapeuta, etc, bem como a realização de exames complementares posteriores (Ultrassom Transfontanela, Tomografia de crânio, etc.). 
Com o tempo e evolução favorável o pediatra assistente, em conjunto com os outros especialistas, normalmente da  “alta” da prematuridade e a vida da criança pode seguir com os cuidados habituais.

4- O que torna mais preocupante quando se fala da prematuridade dos recém-nascidos? Cite de 3 a 4 indicadores preocupantes.
O mais preocupante é o organismo do recém nascido nao estar maduro o suficiente para enfrentar o ambiente fora do útero. Por ter nascido antes do tempo o prematuro tem o sistema imunológico menos competente, seus pulmões nao se expandem adequadamente e nao cumprem a função de bem oxigenar o corpo; isso leva stress a vários órgãos, entre eles órgãos nobres como o cérebro, coração e rins, podendo provocar disfunções e sequelas. O prematuro também não consegue manter sua temperatura corporal, nao tem força e habilidade suficiente para sugar no seio da mãe , etc. Por tudo isso na UTI Neonatal é feito um esforço heroico (e inglório) de prover o prematuro de todas as condições que só o útero materno consegue de modo perfeito.

5- O que é o Método Canguru? 
É o método de deixar o prematuro junto ao corpo materno pela maior parte do tempo possível. Isso é feito com um tipo de amarração adequada, com o bebê ficando de frente para a mãe, como em um sling, com a face na altura do peito dela. Esse método consagrado permite que o bebe seja aquecido pelo corpo da mãe, perceba seus batimentos cardíacos, o odor de sua pele, sua respiração, etc, o que reduz o stress ao qual o prematuro é submetido. A redução do stress impacta em melhor resposta imunológica, harmoniza movimentos respiratórios, reduz a frequência cardíaca, acalma e equilibra o prematuro, permitindo que ele se organize neurologicamente, e assim consiga amadurecer sendo neuroestimulado pela experiencia sensorial de estar junto ao corpo materno.
A utilização do método Canguru comprovadamente reduz o tempo de internação de prematuros em UTIs, reduzindo também as sequelas neonatais, alem de promover melhor vínculo entre a mãe e seu bebe prematuro.

Espetáculo Christma’s Drive-in

💙
26 novembro 2020


Era uma vez um conto de Natal


Era uma vez um Conto de Natal conta a história de uma menina, Clara, que tem grande dificuldade em se adaptar. A menina, que foi criada por sua avó, encontra no notebook refúgio e seu melhor amigo.
Na véspera do natal algo mágico acontece, ela recebe a visita de Peter Pan. Mas, o que ela mal esperava era que ele transformaria seu modo de pensar e de ver o mundo. 
Peter Pan tem o dom de resgatar o espírito de Natal dentro do coração desta garotinha de 12 anos ao apresentar um livro mágico onde nele ela encontra seus personagens mais queridos e suas histórias mais emocionantes como Frozen, A pequena Sereia, Alladin, Toy Story. 
Todos os personagens mostram a Clara que vale a pena lutar pelos sonhos e a levam a conhecer o bom velhinho e seus ajudantes mágicos.
Um espetáculo lúdico cheio de efeitos especiais todo cantado ao vivo com trilhas emocionantes dos filmes mais bonitos e cenários interativos que vão transportar o público para dentro da história.
Além das canções Natalinas que todos amam e muitas surpresas.

Objetivos e Propósito

O objetivo do espetáculo é levar um evento de entretenimento para crianças entre 5 e 14 anos de forma segura, com muita magia e efeitos especiais.
Levar temas atuais como as dificuldades da pré-adolescência, pais ausentes e o resgate do amor, se permitir sonhar, o resgate da infância perdida nos dias de hoje.
Principalmente passar mensagens de amor, esperança, perseverança e o resgate entre do relacionamento com a família, além de incentivar a leitura e ao uso da imaginação.

Serviço:
29 de Novembro
Duas apresentações: às 15h30 e às 19h
Local: Arena Vibez – Estacionamento da escola Águia de Ouro

Ficha Técnica:

Elenco
Leticia Garcia 
Joao Pedro Jelezoglo 
Hellen Vasconcelos 
Lucas Braga 
Bruna Franco 
Khamilahh Jelezoglo 
Igor Carvalho 
Artur Contardi 
Sido Calesso
 
Direção Musical 
Artur Contardi
 
Figurinos 
Marcos Lellis e Celso Werner
 
Design de som e microfonista 
Eduardo Almeida
 
Cenenografia 
JJR Produções
 
Realização
JJR Produções

Circo Patati Patatá Reestreia esse mês

💙
04 novembro 2020



PATATI PATATÁ REESTREIA CIRCO EM SÃO PAULO SEGUINDO TODOS OS PROTOCOLOS DE SEGURANÇA E DISTANCIAMENTO


O Circo lúdico está instalado no Tatuapé - Radial Leste


Após 8 meses de paralisação devido à pandemia do COVID-19, a dupla mais amada do Brasil reestreia o “Patati Patatá Circo Show” em São Paulo.

O espetáculo, assistido por mais de 1 milhão de pessoas, volta devidamente equipado e seguindo todos os protocolos sanitários do município e do estado de São Paulo, oferecendo segurança e conforto ao público e seus colaboradores, tudo isso sem perder a diversão característica do Patati Patatá Circo Show, onde as crianças tem a oportunidade de interagir com os personagens da série Parque Patati Patatá, sucesso no Discovery Kids.

O Circo irá operar com apenas 50% da sua capacidade total, promovendo assim o distanciamento necessário para garantir a segurança do seu público. Um túnel de desinfecção será instalado e haverá checagem de temperatura na entrada do circo, totens com álcool gel estarão distribuídos pelo local, banheiros com tapetes sanitizantes, atendentes equipados com máscaras e devidamente treinados para realizar o manuseio correto de alimentos e bebidas, além de uma equipe de limpeza reforçada. Tudo isso estará à disposição dos visitantes, a fim de tornar a experiência no circo a mais segura, tranquila e divertida possível.

Os ingressos só poderão ser adquiridos de forma online, através do site ou aplicativo, e não haverá bilheteria física no local para evitar filas, aglomeração e manipulação de moeda ou cartões. Assim como a compra de alimentos, bebidas e produtos da loja, que terá um aplicativo próprio para comercialização no dia do evento.

“As famílias estão com muitas saudades do Patati Patatá Circo Show, recebemos milhares de mensagens pedindo a volta dos espetáculos. Chegou a hora! Estamos prontos, seguindo todas as medidas necessárias para oferecer um entretenimento divertido, alegre e, sobretudo, seguro e confortável para as famílias. Temos certeza que pais e filhos irão se divertir muito na reestreia de nosso Circo”, afirma Igor Faria, criador do projeto Patati Patatá Circo Show.

O circo traz um universo cheio de encanto e magia onde as crianças terão a oportunidade de sorrir e brincar com os seus melhores amigos, Patati Patatá, e vivenciar momentos mágicos com os personagens que fazem sucesso na TV: Nutrícia, Quasi, Floffy, Alegra, Amarga e Azedo. O espetáculo apresenta números circenses misturados com as canções de sucessos da dupla Patati Patatá.

O projeto é uma parceria entre a Rinaldi Produções (detentora da marca Patati Patatá) e a Três16 Entretenimento, empresa realizadora de projetos e eventos voltados para a família brasileira.


Serviço:

Parque Patati Patatá Circo Show

Realização: Três16 Entretenimento e Rinaldi Produções.

Endereço – Rua Uriel Gaspar, n° 149 São Paulo - SP, 03178-200                                  

Temporada: Em cartaz até 13/12/2020.


Dias e Horários:

Sábados e Feriados: 14h30, 17h30 e 20h00

Domingos: 14h30 e 17h30


Valores: 

Camarotes: R$ 130,00 (inteira) / R$ 65,00(meia)

Cadeira VIP Central: R$ 90,00(inteira) / R$ 45,00(meia)

Cadeira VIP Lateral: R$ 80,00(inteira)/ R$ 40,00 (meia)

Cadeira Central: R$ 70,00 (inteira) / R$ 35,00 (meia)

Cadeira Lateral: R$ 60,00 (inteira) / R$ 30,00(meia)


Bilheteria: Os ingressos só poderão ser adquiridos através do site e/ou aplicativo Sympla, afim de evitar qualquer aglomeração na bilheteria e manipulação de moeda ou cartões.                                                            Forma de pagamento: Cartões de crédito e débito.                                                                                        Classificação Etária: livre                                                                                                                                    

Capacidade: 502 pessoas                                                                                                                                  Acessibilidade: Sim.


Desfralde

💙
30 outubro 2020


10 erros na hora de retirar a fralda


Retirar a fralda das crianças é um processo que exige muita paciência. “Algumas crianças levam poucas semanas para aprender a usar o banheiro, enquanto outras podem demorar até seis meses e precisar de maior atenção,” alerta a pediatra Loretta Campos.

1) Começar antes da hora – o ideal é a partir dos dois anos pois nesta fase as crianças têm autonomia para andar, tirar a roupa e expressar que estão incomodadas com o cocô.

2) Expor a criança em lugares públicos – ir ao banheiro é algo privado, portanto, tente utilizar o sanitário com a porta fechada e penico sempre no banheiro, nunca na sala, quarto….

3) Delegar a tarefa unicamente para a escola – tente começar a retirada das fraldas em casa, de preferência nas férias, sem muito estresse. A escola deve ser só um apoio.

4) Pressionar a criança para ser rápida – o desfralde requer tempo e paciência. Leve livrinhos, joguinhos para tornar o momento prazeroso.

5) Não providenciar itens de apoio – precisa providenciar um penico ou redutor de vaso sanitário. A criança precisa de conforto.

6) Esperar a criança pedir para ir ao banheiro – comece retirando a fralda do dia e pergunte ou leve a criança ao banheiro a cada duas horas.

7) Dar bronca se a criança não consegue se segurar – nunca diga você se sujou de novo ou você não aprende.

8) Fazer cara de nojo quando acontece um escape – os escapes, principalmente os noturnos, são frequentes. Pode durar em média até os quatro anos e algumas crianças até seis anos de idade.

9) Colocar roupas difíceis de tirar – se a criança pede para ir ao banheiro os pais têm de agir rápido.

10) Escolher um momento de estresse para tirar a fralda – toda paciência é pouca.

Segundo a pediatra os pais não precisam ter pressa, pois cada criança tem seu ritmo e tempo. “Além disso, nenhuma pessoa deve comparar o seu filho com o coleguinha ou priminho, porque isso só vai gerar ansiedade na criança,” finaliza a médica.


Dra. Loretta Campos: Pediatra e Consultora de Aleitamento Materno - CRM 10819 – GO  RQE 5373 - Pediatra pela Universidade de São Paulo (USP), Consultora Internacional em Aleitamento Materno (IBCLC), Consultora do sono, Educadora Parental pela Discipline Positive Association e membro da Sociedade Goiana e Brasileira de Pediatria. A médica aborda temas sobre aleitamento materno com ênfase na área comportamental da criança e parentalidade positiva.

Câncer de mama

💙
08 outubro 2020


TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O CÂNCER DE MAMA
 

O câncer de mama é um dos tipos de câncer com maior incidência no mundo. Para estimular a discussão sobre o assunto, a campanha Outubro Rosa marca o calendário de saúde para conscientizar a população sobre as formas de tratamento, a importância da detecção precoce e, principalmente, da prevenção. 

 

Segundo o Inca – Instituto Nacional de Câncer, o câncer de mama é o mais incidente em mulheres no mundo, representando 24,2% do total de casos em 2018, com aproximadamente 2,1 milhão de casos novos. É a quinta causa de morte por câncer em geral (626.679 óbitos) e a causa mais frequente de morte por câncer em mulheres. No Brasil, excluídos os tumores de pele os melanomas, o câncer de mama também é o mais incidente em mulheres de todas as regiões. Para o ano de 2020 foram estimados 66.280 casos novos, o que representa uma taxa de incidência de 43,74 casos por 100.000 mulheres.

 

O câncer de mama se desenvolve mais frequentemente nas células que revestem os ductos mamários, que estão em constante multiplicação. Inúmeros fatores pessoais, ambientais, genéticos, hormonais e idades, entre outros, podem transformá-las em células anormais que vão se dividir descontroladamente perdendo o limite do crescimento tanto local na mama,  podendo se espalhar regionalmente para os gânglios da axila ou em outros órgãos.

 

Mas, a prevenção ainda é o melhor remédio. A doença pode ser curada se descoberta ainda cedo. A realização da mamografia de rastreamento e as visitas regulares ao ginecologista são as melhores formas de garantir o diagnóstico precoce. Quem já tem casos de câncer de mama na família pode começar a se precaver mais cedo. No autoexame, a paciente deve buscar nódulos ou caroços na região dos seios e na axila. Inchaço, endurecimento, coceira, vermelhidão e sensação de calor nas mamas são outros sintomas que devem ser observados com atenção.

 

O grupo de risco com mais chances de desenvolver câncer de mama são as pacientes entre 40 e 70 anos, principalmente quem teve casos na família. Reduzir a bebida alcoólica, combater a obesidade e ter uma rotina de vida saudável ajuda a prevenir a doença.  A maior chance de cura é por meio do diagnóstico precoce. Um tumor diagnosticado no estágio 0 ou 1 chega a ter mais 90% de chance de cura. Já um câncer de mama no estágio 3 ou 4 tem de 30 a 40% de chance de cura total. “Mesmo cânceres em estágios mais avançados podem responder bem ao tratamento, podendo ser operados e retirados completamente, por isso, é importante conversar com seu médico e sempre buscar novas formas de lidar com a doença”, sinaliza Dra. Elis Nogueira é ginecologista e obstetra.

 

Há alguns sinais e sintomas que ajudam a identificar esta doença. Eles são:

 

•             Nódulo único endurecido.

•             Irritação ou abaulamento de uma parte da mama.

•             Inchaço de toda ou parte de uma mama (mesmo que não se sinta um nódulo).

•             Inchaço da pele.

•             Vermelhidão) na pele.

•             Inversão do mamilo.

•             Sensação de massa ou nódulo em uma das mamas.

•             Sensação de nódulo aumentado na axila.

•             Espessamento ou retração da pele ou do mamilo.

•             Secreção sanguinolenta ou serosa pelos mamilos.

•             Inchaço do braço.

•             Dor na mama ou mamilo.

 

“Caso você perceba algum deles, procure seu médico imediatamente. Não deixe de cuidar da sua vida, não deixe para amanhã, pois todo dia é importante e crucial para a cura do câncer de mama”, finaliza a Dra. Elis Nogueira.

 

Sobre Dra. Elis Nogueira

Ginecologista e obstetra, concluiu a graduação de medicina na Universidade de Mogi das Cruzes  em 1999. Especializou- se em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Ciência Médicas da Santa Casa de São Paulo em 2004 e obteve o título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Associação Médica Brasileira – Federação Brasileira das Sociedades  de Ginecologia e Obstetrícia , posteriormente obteve o título em Advanced Life Support in Obstetrics, especializou- se também, em Ginecologia Endócrina, contracepção e planejamento familiar , enfantopuberal, climatério, e patologia cervical.

 

Atualmente é referência em parto normal , obstetrícia de alto risco e infertilidade ; cirurgia ginecológica, inserção de DIU de cobre e prata, SIU, tratamento do HPV e trombofilias. É membro de entidades médicas reconhecidas como a SOGESP  - Associação de obstetrícia e ginecologia do Estado de São Paulo) APM (Associação Paulista de Medicina ) e FEBRASGO (Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia). Faz parte do corpo clínico dos hospitais: São Luis, Albert Einstein, Sírio Libanês, Oswaldo Cruz, Pro Matre, Santa Joana, Samaritano e Santa Maria.

 

Custom Post Signature

Custom Post  Signature