No final de Outubro o Laboratório Osler junto com a Dra Ana Escobar realizaram um evento aonde foi reforçado os cuidados na hora da aplicação de um repelente, especialmente em bebês a partir de seis meses de idade. Doenças como dengue, microcefalia e chikungunya ganharam destaque na palestra. “A microcefalia só ocorre na gestação, geralmente no primeiro trimestre”, disse a médica.

E para dividir com vocês um pouco sobre esse evento, convido vocês a passarem no blog da Laís Mamãe Antenada, e conferir as dicas e informações que são super importantes, como:
  • maneira correta de de usar repelente;
  • quais as diferenças entre os repelentes que estão no mercado hoje;
  • quais são os critérios para escolher o repelente.

Conhecam os 4 repelentes que recebemos :

Laboratório Osler

Exposis Gel Infantil (novidade): é indicado para crianças a partir de 6 meses de vida e possui 20% de icaridina. A versão gel protege por até 10 horas, facilita a aplicação, é dermatologicamente testado e hipoalergênico.

Exposis Infantil e Extrême: Possuem concentração de 25% de icaridina e também protege por até 10 horas!!! É super fácil de aplicar e pode reaplicar sempre que achar necessário.

Exposis Gel: A diferença do spray para esse é que o em gel possui 20% de icaridina em sua concentração. Do resto continua igual mantendo a proteção por até 10 horas! Esse também pode ser usado em bebês a partir de 6 meses.

Informações:
Laboratório Osler
Criado nos anos 90 em Paris, na França, a Osler cresceu com o desenvolvimento de produtos de alta eficácia e tornou-se referência em repelentes. Líder de mercado na França, expandiu para Áustria e Alemanha e, posteriormente, para toda a Europa. Em 2002, Exposis desembarcou no Brasil e logo tornou-se o repelente mais indicado pelos médicos.

Exposis
É uma linha de repelentes de alta eficácia contra picadas de insetos transmissores de doenças. Exposis oferece proteção de até 10 horas quando usado corretamente na pele contra Aedes aegypti e Aedes albopictus (dengue, chikungunya e Zika vírus), Anófeles (malária), Culex (filariose), pernilongos e mosquitos.

Ana Escobar
Formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Ana Escobar é responsável por disciplinas de graduação e pós-graduação lato sensu e stricto sensu na USP. A doutora também é consultora do Programa Bem-Estar, da TV Globo, e embaixadora oficial da saúde da APAE de São Paulo.


Comentários
2 Comentários

2 Comentários

  1. Nossa Mi muito bom saber não conhecia esse repelente ainda, vou atrás.
    Beijos
    Mari

    ResponderExcluir
  2. Agora nessa época os mosquitos vem com tudo, então prevenir é o melhor remedio.

    ResponderExcluir