Primeira semana, adaptação e indo tudo bem !!!

Depois de alguns descontentamentos com a escola que coloquei o Gui desde o mini maternal até o Jardim I, resolvemos ir atrás de outra escola (calma eu sei que escola perfeita não existe) para que possamos nos sentir melhor, e que fosse melhor para ele, pois algumas coisas que estavam ocorrendo na outra, temos a impressão que não vão ser melhoradas, e para que isso não prejudique o andamento no ensino, resolvemos optar pela mudança nesse período para que mais para frente não tenhamos aquele sentimento que poderíamos ter feito algo e não fizemos.
Bom, mais chega de falar da outra escola, pois esse post é para falar sobre a  mudança, a escola nova!!!
Desde a época que fomos atrás da nova escola, fomos conversando com ele, que ele ia mudar, ir para outra escola, conhecer outras professoras, fazer novos amigos, e o Gui no começo (o que era normal) foi um pouco contra, afinal estava 2 anos e meio com os mesmos amigos, conheciam as professoras, o ambiente, quando entrou de férias ele já se referia a escola que estava como "Escola Antiga" e quando falava que ia para outra "Escola Nova", percebíamos que a "ficha" ainda não havia caído, e pensávamos que após dois meses em casa, não sentiria muito essa mudança, até porque também um dos amigos da escola antiga também mudou para a mesma escola e ficariam na mesma sala.

No domingo (25/01) a noite enquanto estávamos nos preparando para dormir, ele começou a chorar (um choro sentindo que corta qualquer coração de mãe e pai), perguntamos o que estava acontecendo, o porque do choro e ele respondeu que estava com medo de ir para a escola nova, pois não conhecia as professoras, a escola, a sala, as crianças, eu e o papai conversamos bastante com ele, explicamos que não precisava ter medo, pois seria igual era antes, teria amigos (que iria acrescentar mais amigos na verdade), que teria duas professoras ensinando na sala de aula, ajudando no que ele e os amigos precisassem, que teria a hora de fazer lição na sala e em casa, hora do lanchinho, dia do brinquedo, judô, brincadeiras, e que a mamãe e o papai estariam sempre junto dele, ajudando, explicando e acompanhando tudo que ele estaria fazendo. Confesso que dormi com coração apertado, com aquele choro dele, mesmo sabendo que seria normal, e que a chance era muito grande de acontecer.
Na segunda de manhã nem parecia aquele menino com o "medo" do novo, acordou bem, falando que não via a hora de chegar na escola, e conhecer os amigos, professoras, pegar o material, a agenda (sim ele adora agenda das escolas rs), e eu fui alimentando essa felicidade e empolgação, passamos na casa do amigo para irmos juntos, e foram felizes e todo empolgados (para o alívio dos corações dos pais), entrou na sala de aula, a professora beijou, abraçou se apresentou e eles entraram e esqueceram de me dá tchau, se não fosse eu chama-lo ia embora se nem quer receber um tchau de longe.
Na hora de busca-lo eles estavam felizes, brincando e conversando. contaram que foram na brinquedoteca e brincaram de dominó, pega-vareta, peçinhas de encaixar, pintaram.
No dia seguinte não via a hora de chegar na escola, voltou contando que fizeram lição no caderno, foram no parquinho, já no terceiro dia foram para o laboratório de informática e brincaram com joguinhos e trouxeram lição de casa, no dia seguinte fizeram mais um pouco de lição, foram no parquinho novamente, e um pouco antes do horário de saída estavam brincando na parte da frente da escola que tem um espaço bom de "pega-rabo" (aonde a professora colocava atrás de cada criança um pedaço de papel higiênico e formavam duplas e tinham que pegar o "rabo" do outro). E na sexta-feira dia do brinquedo, parquinho e mais lição na sala e para casa.

Resumindo meu sentimento: Satisfeita por ele ter se adaptado muito bem na mudança, sem sofrimento, e saber que ele além de aprender dentro da sala está aprendendo fora também, que está num lugar que respeita a criança e o desenvolvimento dela, deixando a criança ser criança.

Meu desejo: que a escola continue assim, superando minhas expectativas, mostrando que fiz a escolha certa, e o que foi me passado é o que realmente fazem (pois sabemos que palavras são lindas mais o que gostamos é que seja praticado né).

escola nova
Pronto para ir para escola - 1º dia !!!

escola nova
Esperando o portão abrir para entrar !!!

escola nova
Já em sala de aula, escolheu a mesa
 de frente para a professora !!!

inicio aula
Mimo dado pela professora
Viseira de boas vindas !!!

caminho escola
Vamos felizes e empolgados para o segundo dia!!!

lição de casa
Porque escola não é só brincadeira 

lição de casa
1ª lição de casa

escola nova
Brincado ao ar livre

escola nova

jardim dois
A professora e a auxiliar conversando com eles após a brincadeira

E ai como foi com vocês a volta as aulas ou inicio ???

Beijos Mi Gobbato !!!



Comentários
4 Comentários

4 Comentários

  1. Aqui as aulas começam dia 10, mas a gente sente apertos no coração smepre que muda de sala, de professoras, imagina de escola né? aqui quando vim de SP a minha sentiu bastante, mas vai se adaptando . Eu como professora também sinto isso sempre que vou pegar novas turmas é muita responsabilidade e a gente quer dar o melhor. Lá no blog tem dicas para ajudar as crianças na volta às aulas vem ler?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que foi mais sossegado do que eu imaginava, já estava me preparando psicologicamente para dias de choros e reclamações

      BJs

      Excluir
  2. As aulas por aqui voltaram hoje. Quando você falou do choro do pequeno Gui, eu sei bem como é. Aquele choro sentido que faz o coração materno quebrar em zilhões de pedacinhos. Mas quando vemos aquele sorriso deles, vemos nosso coração sendo construído
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza constrói e aumenta cada vez mais um pouco né !!!

      BJs

      Excluir