Segurança em primeiro lugar

Já conversamos aqui como limpar as cadeirinhas e hoje especialista dá dicas de como utilizar corretamente o bebê conforto, a cadeirinha e o assento de elevação nos veículos

Espaço das Mamães
Bebê conforto deve ser instalado de frente para o encosto traseiro
Clique para ver maior | Imagem: Divulgação

Neste ano, a resolução 277 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), conhecida popularmente com a Lei da Cadeirinha, completa cinco anos. Desde então, as crianças precisam ser transportadas em dispositivos de segurança: bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação.

A faixa etária precisa ser analisada pelos pais, que deve ser compatível com o tipo de equipamento. Basicamente, desde o nascimento até completar um ano, utiliza-se o bebê conforto. Em seguida, até os quatro anos, o recomendado é utilizar a cadeirinha. Depois dessa etapa, a criança ocupa um assento de elevação até completar sete anos. 

Entretanto, o uso correto do dispositivo é essencial para que a criança esteja protegida ao máximo em caso de acidentes. A instalação dos equipamentos ainda gera algumas dúvidas. Por isso, Amanda Teixeira, responsável pelo setor de desenvolvimento de produtos da Tutti Baby, empresa especializada na produção destes itens, dá algumas dicas para o momento de instalar:

Bebê conforto: utilizado para transportar recém-nascidos desde a saída da maternidade até completar um ano ou 13 quilos.
- Deve ser instalado sempre de frente para o encosto do banco traseiro. Como nessa fase o bebê ainda não tem firmeza no pescoço, é essencial que ele seja acomodado de costas para o movimento.
- As tiras do cinto de segurança do dispositivo possuem protetores acolchoados, que devem ficar em cima dos ombros. Também é importante que elas fiquem bem ajustadas ao corpo, com um dedo de folga.
- Prender o equipamento com o cinto de segurança de três pontas do veículo, passando pelos locais indicados.

Cadeirinha: utilizado por crianças de um a quatro anos ou de 9 a 25 quilos.
- A criança utiliza o cinto de segurança da cadeira, que é fixada com o cinto do carro. Alguns modelos possuem regulagem de inclinação, o que traz mais conforto para a criança.
- O cinto de segurança da cadeirinha deve estar bem ajustado ao corpo da criança, sempre cuidando para não deixar muito apertado.
- Deve ser instalada com o cinto de segurança do veículo, prendendo a criança e a cadeira ao mesmo tempo, quando ela já possui 15 quilos.

Assento de elevação: indicado para crianças de quatro a sete anos ou de 15 a 36 quilos.
- Quando a criança já estiver sentada, basta utilizar o cinto de segurança do veículo para prender a criança e a cadeira ao mesmo tempo.
- O cinto de segurança deve passar pelo ombro e não no pescoço da criança.

Para finalizar, Amanda ainda destaca três dicas importantes para todas as fases: “Leia sempre o manual de instalação e verifique, antes da compra, se o equipamento possui o selo do Inmetro, que atesta a sua qualidade. Além disso, preste atenção ao peso máximo que a cadeirinha suporta e o peso que a criança vai adquirindo com o tempo”, conclui.

 
Sobre a Tutti Baby
Com sede em Massaranduba (SC), a Tutti Baby faz parte do Grupo Zanotti e é especializada em fabricação de produtos para bebês, que englobam os grupos Passeio (carrinhos), Retenção (cadeirinhas para automóvel e bebê conforto), Casa (cercado, berço portátil e grade para porta), Alimentação (cadeiras) e Puericultura Leve (banheiras, troninhos, assento redutor, saboneteiras e suporte para banheira).

Possui 10 anos de atuação e está presente em todo o território brasileiro, com mais de 1,6 mil pontos de venda.

Beijos Mi Gobbato !!!


Comentários
9 Comentários

9 Comentários

  1. A segurança dos filhos sempre em primeiro lugar, transportar as crianças no carro é precioso, as cadeirinhas tem que ser bem escolhidas, que bom que a Tutti Baby tem produtos excelentes para as crianças, Mi beijos.
    http://lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. A segurança da minha filha é tudo
    sempre anda na cadeirinha
    e sempre observo o peso para ter o controle
    gostei muito das dicas

    linda noite bjs

    ResponderExcluir
  3. Os meus filhos desde que nasceram só andam no carro com cadeirinha.
    Eles são tudo pra gente, então temos que ter todo cuidado do mundo.

    Beijos
    www.conteudomae.com.br

    ResponderExcluir
  4. Existem as cadeiras que substituem o bebê conforto, dentro das especificações do INMETRO, mas eu não troco por nada. Não apenas para o transporte no carro, mas no dia a dia mesmo! Adorei as dicas

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu sempre fico em dúvida com este assunto!
    Cada cadeirinha tem uma especificação, né!
    Primeira vez no seu blog, vou te seguir, ok!
    Convido todos à conhecerem meu blog também!
    http://mamaedocura.blogspot.com.br/
    Sejam bem vindos e sintam-se à vontade!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  6. Estamos pra pegar um carrinho e tenho que ficar informada sobre esses assuntos, segurança de criança em primeiro lugar, não podemos nos descuidar com eles
    bjs

    mamaenathan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Só naõ entendo porque nos ônibus(que nem cinto tem né?) e táxis isso tb não se torna obrigatório!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Muito importante cuidar da segurança das crianças, elas são nosso bem mais precioso!!
    Adorei suas dicas!!!

    ResponderExcluir
  9. Esses dias vi uma pessoa falando que o filho não usa cadeirinha porque não se sente confortável, se esquecendo que existe sim modos confortáveis. E fora isso a segurança precisa sempre vir em primeiro lugar.
    Beijos

    ResponderExcluir